fbpx
Pular para o conteúdo
O que eu aprendi no Retailed!FS
retailed-jessica-carvalho

Em solo mineiro costumamos dizer que “É junto dos bão que nós fica mió”. Nos dias 17, 18 e 19 de agosto a Smart NX participou do Retailed!FS da EBDI. O encontro reuniu os maiores líderes de serviços financeiros no varejo para discutir perspectivas econômicas, políticas e de negócio, digitalização e rentabilidade nos serviços financeiros. 

Como conhecimento adquirido é conhecimento compartilhado, reunimos 5 insights de peso para você aplicar no seu negócio hoje mesmo! 

1. As perguntas são mais importantes do que as respostas

Qual foi a última vez que você analisou os diferenciais competitivos do seu negócio? Tenho certeza que você como empreendedor e líder, já se deparou inúmeras vezes buscando as respostas para alavancar seus resultados. Mas em tempos de incerteza do cenário político, econômico, social, como encontrar as respostas certas? A mudança de perspectiva começa aqui! Você ganha o jogo quando busca as perguntas e não as respostas. A única certeza é que teremos dúvidas. Por isso, é importante que você busque os questionamentos que contribuirão para sua sobrevivência em um mercado volátil, incerto e complexo. 


    • Quais as dores do meu público? Como resolvê-las? 
    • Como atrair o cliente certo?
    • Quais estratégias para um crescimento exponencial?
    • Como formar e reter o melhor time?
    • Quais são as licenças que destacam o meu produto ou serviço no mercado? 
 

2. A base de clientes é sua mina de ouro 

Só tem um jeito de aumentar receita sem aumentar custo de aquisição: resolvendo novos problemas dos clientes que já são seus! 

Vender para seu cliente é a estratégia mais eficiente para garantir crescimento sustentável e fidelização. 

Para expandir a receita na minha base de clientes eu preciso oferecer produtos mais assertivos. O que o cliente quer? Qual hora ele quer? Quem é meu cliente ideal? 

Duas dicas de ouro para ampliar a Jornada de compra do seu cliente com sua marca:

→ Mapeie os indicadores de comportamento de curto, médio e longo prazo dos clientes, levando em conta os pontos de contato dele com sua empresa.

Possíveis indicadores para você considerar:

    • Churn rate 
    • Lifetime value (LTV)
    • Ticket médio
    • Padrão de consumo 
    • Satisfação dos clientes 
    • Taxa de recompra 
    • Histórico financeiro 
 

→ Priorize estratégias para que o seu negócio tenha diversificação de produtos ou serviços. 

Alguns possíveis produtos e serviços: 

    • Seguro
    • Conta Digital
    • Cartão para Compra em outras verticais, como: Farmácias, Postos e outros.
    • Assistência pet, veicular…
 

3. Crescimento só é alavanca se for sustentável 

Um erro fatal dos empreendedores é não tornar seu negócio escalável. Não adianta escalar sua máquina de vendas se na mesma proporção você perde seus clientes. A conta não fecha, concorda?  Toda estratégia de crescimento precisa caminhar lado a lado com táticas de fidelização e a gestão de riscos do seu nicho de mercado. 

Vamos refletir juntos? 

O que vale mais para sua empresa? 

Número de cartões emitidos ou ativos? Tenho certeza que você prefere cartão gerando receita e não em estoque

Aumentar sua base de clientes em menor escala com clientes aderentes, bons pagantes e utilizando seus produtos e serviços ou aumentar a base de forma acelerada, sem controlar a inadimplência?

4. Pare de romantizar experiência do cliente

Experiência do cliente não é entregar brindes de natal! Uma estratégia de CX bem aplicada proporciona em média uma receita anual até 10x maior para as empresas.

Mas atenção! Não é uma estratégia subjetiva! É preciso ter técnica, planejamento e muita vontade para aplicá-la nas organizações. 

80% das empresas acreditam que fornecem uma excelente experiência ao cliente, mas apenas 8% dos clientes concordam (FORBES). Identifique os processos que mais impactam a experiência do seu cliente.

Você pode começar por aqui: 


    • Design de Serviço
    • Melhoria em processos
    • Pesquisas mais profundas 
    • Transformação Digital
 

5. O arroz com feijão bem feito já é suficientemente encantador 

Quantas vezes estamos tão concentrados em tentar criar algo extremamente inovador enquanto o simples, o básico, o essencial não está sendo executado? 

Não dá para pular etapas e nem fugir das mudanças de mercado e comportamento do consumidor. 

Seu prato principal está sendo bem servido? É fácil descobrir! 

    • Seu cliente é bem atendido?
    • Seu produto tem qualidade?
    • Sua equipe entende seu propósito?
    • Você está nos canais de relacionamento que seu cliente deseja?
    • Sua venda é simples e intuitiva?

Tudo o que fazemos e apresentamos compõe uma percepção de valor na mente dos clientes. Em qual pilar você está construindo sua marca? Para garantir o  sucesso do seu negócio, é importante que a Experiência do Cliente seja um desses alicerces. 

De todos os aprendizados que o Retailed!FS nos trouxe, o maior deles é que atualmente, vivemos uma era onde pouco esforço, menos dor de cabeça, propósito para o consumo e a valorização do tempo são pontos chaves para tornar uma experiência satisfatória e fazer um cliente feliz e fidelizado. 

Você está preparado para essas mudanças? Te garanto que não se resolve problemas novos com soluções antigas. Por isso, é importante usar a tecnologia a seu favor.  

Ah e o pulo do gato que não pode faltar! Não adianta ter mil e uma ideias maravilhosas se nenhuma for executada. Vamos fazer o que tem que ser feito!

Jéssica Carvalho

    • Mineira, entusiasta de comunicação e tecnologia, apaixonada por rock and roll, café e pão de queijo! 🤘
    • + 4 anos de experiência em Customer Success e Experience;
    • Gestão de pessoas;
    • 6 anos de experiência em B2B;
    • 4 anos de experiência em gestão de relacionamento com cliente, crédito e cobrança em produtos financeiros para Varejo.