fbpx
Pular para o conteúdo
Black Friday: dicas para vender bem
dicas para vender na black friday

Vem aí a Black Friday, uma das datas mais quentes para o varejo. Mas, pela primeira vez, ela acontecerá em meio ao maior evento esportivo do planeta, a Copa do Mundo. De que forma isso poderá impactar nas expectativas de compras dos consumidores? E o que o varejo pode fazer para garantir o sucesso de vendas? 

O Último Trimestre

Historicamente, as datas comemorativas são importantíssimas para o varejo. Afinal, são elas que proporcionam inúmeras oportunidades para que os varejistas possam abordar seus clientes de forma diferenciada, seja por meio de promoções ou senso de urgência. 

Com datas como Dia das Crianças, Black Friday e Natal, o último trimestre já é naturalmente movimentado. Entretanto, neste ano a expectativa é que ele seja melhor ainda, já que a Copa do Mundo promete ser um incentivo a mais para as vendas. Segundo a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), é esperado um aumento de 7,9% no faturamento do varejo comparado a 2014, ano em que a copa foi sediada no Brasil. Além disso, segundo pesquisa realizada pela Nielsen, 50% dos entrevistados pretendem comprar algum produto relacionado a preparação para a copa.  

Após quedas consideráveis das vendas nos últimos meses devido a alta da inflação e endividamento das famílias, a expectativa é que de fato os dois últimos meses do ano aqueçam as vendas. Mas para isso, os varejistas precisarão utilizar boas estratégias para atrair seu público, como apostar em diferentes canais, por exemplo.  

A Black Friday no Brasil

Iniciada em 2010, a Black Friday é hoje uma das datas mais importantes do comércio brasileiro, ficando atrás apenas do Natal. Somente no ano passado, a data foi responsável por 5,4  bilhões de reais em faturamento, resultado 5,8% maior que em 2020. Além disso, o ticket médio aumentou cerca de 6,4%, ficando em R$711,38. Confira mais alguns dados da edição passada: 

  • As vendas online tiveram seu pico registrado entre 10h e 14h
  • A maior parte das visitas vieram de dispositivos móveis (61,1%)
  • 61% das vendas vieram da região sudeste, seguida por Nordeste (16%), Sul (14%), Centro-Oeste (6%) e Norte (2%)
  • 35% dos compradores tinham entre 26 e 35 anos, 34% entre 36 a 50 anos, 17% até 25 anos e 14% tinham mais de 51 anos de idade

Em 2022, os números devem ser ainda mais promissores, pois a Associação Brasileira do Varejo prevê um aumento de 12% nas vendas nesse período. Além disso:

  • 89% dos consumidores pretendem comprar algo para si (Google)
  • 39% dos consumidores estão dispostos a pagar mais do que em 2021 (Méliuz)

 Mas afinal, como garantir o sucesso do seu negócio na Black Friday?  

Como se preparar para a Black Friday

A Black Friday, assim como qualquer outra data comemorativa necessita de um bom planejamento. Então, o primeiro passo é preparar sua cadeia de produtos e distribuição, de fornecedores a logística, para garantir que nada dê errado. Quanto tiver certeza que tudo está ok, é hora de iniciar suas estratégias de atração de clientes e é nessa etapa que nós vamos te ajudar. Então continue com a gente!

Comece hoje mesmo

Se você ainda iniciou suas estratégias de atração, é hora de botar a mão na massa e já pensar em uma pré-campanha, ou seja, antecipe algumas ofertas da sua marca. O objetivo aqui é gerar reconhecimento e visibilidade para o seu negócio, além de potencializar as vendas.               

Crie uma jornada completa

Qual a chave para conquistar e reter clientes? Se você respondeu um bom atendimento, você quase acertou. Pois, mais do que um atendimento perfeito, é preciso garantir que o seu cliente sairá satisfeito da pré ao pós-vendas. Por isso, estabeleça um relacionamento próximo com o seu público, valorize cada etapa da sua jornada e crie estratégias para a fidelização. 

Não se esqueça do digital

Onde o seu cliente está? É no Instagram? No WhatsApp? Se você quer ter sucesso na Black Friday é preciso marcar presença onde o seu público está, então não se esqueça de manter um canal de contato facilitado entre a sua marca e seus consumidores nas redes sociais, canais de mensageria e site, caso tenha. Lembre-se do que falamos no tópico acima, a chave para o sucesso é uma jornada de qualidade e o digital tem tudo a ver com essa estratégia!

Prepare seu atendimento

Por último, mas não menos importante, lembre-se de treinar sua equipe para a data. Afinal, a Black Friday dura apenas um dia, então já pensou quais as consequências de um atendimento ruim? 

Portanto, a nossa dica é oferecer um treinamento especializado para seu time de vendedores e atendentes, além de manter uma operação de atendimento reforçada alguns dias antes, durante e após a data. Uma vez que o número de clientes na Black Friday é maior, então agilidade e eficácia no atendimento são indispensáveis para uma boa experiência. 

Omnichannel de Verdade

Uma boa estratégia pode alavancar o resultados das vendas na Black Friday. Por isso, não deixe de contar com uma ferramenta de atendimento verdadeiramente omnichannel. Com o Suite, você surpreende seus clientes com o melhor atendimento de forma ágil e eficiente, além de estar disponível 24h por dia, nos 7 dias da semana. Fale agora mesmo com um de nossos especialistas e conheça a verdadeira evolução no atendimento.