Aprenda a trabalhar a motivação da sua equipe de Televendas!
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Um time de vendas bem alinhado faz total diferença nas entregas de um empreendimento. Como qualquer setor de uma empresa, o principal ativo são as pessoas, profissionais que estejam em conformidade com as metas e objetivos da organização.

O serviço que por vezes chega a ser intenso e cansativo,  pode desgastar a equipe ao longo do tempo, reduzindo a produtividade e implicando em problemas internos.

Então que fazer quando os resultados não chegam e a equipe parece desmotivada?

Nós reunimos para você 10 dicas valiosas para garantir o comprometimento e o engajamento da equipe!

Entretanto, antes de partirmos para as dicas é preciso lembrar que, conhecer bem as pessoas que compõem sua equipe, entender como trabalham e seus desafios é um ponto importantíssimo antes de executar qualquer estratégia de motivação. 

 

1. Reconheça

A rotina de um call center não é nada simples. Muitas ligações durante o dia, vários clientes com necessidades e problemas diferentes. Dentro desse cenário é comum que as boas atitudes, entregas e até mesmo o esforço passem despercebidos. Um erro que pode estar impactando diretamente a motivação da sua equipe.

O reconhecimento é essencial, porque além de promover e relembrar boas práticas, estimula um ponto chave quando falamos de gestão de pessoas: a autoestima. O colaborador passa a se sentir parte importante da empresa e uma pessoa capaz de gerar bons resultados.

2. Comemore

É muito mais difícil engajar uma equipe a bater uma meta ou alcançar certo ritmo de produtividade quando os colaboradores não sentem realmente responsáveis por aquele objetivo ou que são relevantes para aquela conquista.

A comemoração, até mesmo de pequenas vitórias, é importante, pois contribui para o sentimento de união. Tire um tempo para comemorar uma meta batida, uma grande venda fechada com sucesso, isso agrega ainda mais valor e sentimento às entregas.

3. Incentive

Aqui é bom lembrar um ponto importante, incentivar é diferente de cobrar. É importante mostrar confiança na equipe e conhecimento do potencial, incentivar é reconhecer que há capacidade e meios de se realizar o que é proposto e trazer uma visão além dos problemas.

O incentivo pode vir através de programas de premiação, dinâmicas, escalonamento de metas ou mesmo uma conversa amigável e inspiradora com a equipe.

4. Capacitação

Nada é mais desmotivador que não entender bem o serviço que precisa ser feito ou não fazê-lo do modo mais eficiente possível. Por não dominar as ferramentas a serem utilizadas ou mesmo as melhores técnicas de abordagem e negociação, alguns colaboradores desenvolvem sérios quadros de estresse e ansiedade, diante da frustração de não conseguir realizar o seu trabalho.

Problemas como esses são facilmente resolvidos com treinamentos e capacitações voltados para os desafios específicos da equipe. Além de sanar dúvidas, ensinar e qualificar o time, investir em conhecimento também é valorizar o colaborador e reforçar a importância dele na equipe.

5. Feedbacks

A prática de dar feedbacks é uma das maneiras mais assertivas e eficazes de um líder mostrar atenção ao seu colaborador. Ela consiste em dar ao seu time, colaborador ou qualquer outro colega de trabalho, um parecer ou avaliação sobre um serviço ou demanda realizada.

É importante que seja um momento com o intuito de orientar e apresentar pontos de melhoria, que podem melhor explorados pelo colaborador. Essa prática estimula a comunicação, deixando mais claro para o colaborador onde e como ele precisa empregar melhor seus esforços. Além disso, contribui para que o líder tenha uma visão holística de sua equipe.

6. Desenvolva sua liderança

Estar a frente de uma equipe de televendas não é tarefa fácil, mas enquanto gestor, além das metas é preciso direcionar bem a equipe responsável por elas.

É fato que uma equipe reflete muito a postura de seu líder: um gestor agressivo, que cobra o tempo todo e não se preocupa em manter um ambiente saudável de trabalho para sua equipe, dificilmente vai ter um time engajado e motivado a cumprir os objetivos estabelecidos.

Por outro lado, um gestor que busca capacitar sua equipe e promove a comunicação através de feedbacks construtivos, tem muito mais chance de manter sua equipe sinérgica e motivada.

Então como conseguir isso? É preciso que você desenvolva sua liderança.

Um bom líder é empático, se coloca no lugar do profissional que está liderando, mas também sabe a hora de cobrar e como cobrar. Estude, busque conhecer mais sobre  liderança e o serviço que sua equipe realiza, afinal, você é a referência principal de sua equipe.

7. Trabalhe com um plano de carreira

O turnover é a principal consequência da desmotivação.

A alta rotatividade de colaboradores costuma ser encarada com naturalidade, mas traz prejuízos consideráveis para empresa, que  despende recursos e tempo para treinar um novo colaborador.

Como alternativa para fugir desse mal que atinge muitas empresas, existe uma ferramenta conhecida como plano de carreira. O objetivo principal é apresentar uma estrutura que defina possibilidades de crescimento dentro uma organização e descreve o caminho que o colaborador deve trilhar para alcançar esse crescimento.

Em outras palavras, é uma forma de fazer com que o funcionário veja valor e oportunidades dentro da própria empresa, busque se desenvolver e alcance um cargo de seu interesse.

O plano de carreira também delimita as competências necessárias para cada novo cargo e qual é a expectativa da empresa em relação àquela posição. Dessa forma o colaborador se sente motivado a continuar na empresa, por enxergar oportunidades de crescimento profissional e financeiro, e a empresa também ganha, tendo um funcionário que já foi treinado e internalizou a sua cultura organizacional.

8. Dê assistência

Estar próximo no dia a dia é crucial. É na realização do trabalho que os erros aparecem e por isso é preciso estar atento aos detalhes e a forma como o serviço está sendo prestado. É cortar o mal pela raiz e não esperar que uma dificuldade pontual vire uma bola de neve. Imagine uma equipe com dificuldades de explicar um produto ou serviço para o cliente final.

Uma orientação pontual durante uma ligação já é o suficiente para que a equipe realinhe o discurso e passe a vender melhor. Entretanto, sem essa orientação, a equipe continuaria vendendo mal e só quando a meta não fosse batida o problema seria percebido.

Resultado: a equipe não alcança o objetivo, a cobrança aumenta e a motivação vai a zero. Por isso, esteja atento e saiba o momento certo de dar assistência a sua equipe.

9. Defina metas reais

Muitas vezes com o objetivo de desafiar a equipe e alcançar grandes resultados, as metas ficam em desacordo com a realidade do mercado. É preciso estudar bastante e propor metas que vão realmente trazer resultados, mas que não sufoquem por completo os colaboradores.

Trace metas que sejam alcançáveis, que desafiem a equipe e proporcionem crescimento não só para a empresa, mas também o time de televendas.

10. Seja exemplo

Não adianta cobrar e não ser o primeiro a cumprir. Se você não leva a sério todas as obrigações e regras que você estipula, dificilmente sua equipe vai cumpri-las. Seja justo com sua equipe. Abrir exceções é extremamente prejudicial para o clima da empresa e para sua figura como líder.

Uma equipe onde todas as pessoas trabalham nas mesmas condições e sobre as mesmas regras cria um senso de ética e confiabilidade muito maior, consequentemente disciplina e engajamento.

 

Gostou das nossas dicas para motivar sua equipe de televendas? Tem alguma para sugerir? Conte para nós aqui nos comentários e se inscreva para receber mais conteúdos especializados!


banner demosntração call center 2

Pronto para transformar o
relacionamento com seu cliente?